(A igreja primitiva)


Governo bíblico

 

 O sistema do governo da igreja de Deus, biblicamente é e sempre foi autônomo; mas mesmo assim pessoas criam meios encobertamente, para criar e enganar mantendo um governo centralizado; formando uma hierarquia dentro do ministério, para iludir pessoas de pouco conhecimento ou que não são sinceros aos escritos sagrados.

 

 Esses falsos obreiros, vivem a serviço do paganismo, dizem defender a verdade, mais não tem autoridade nem respaldo Bíblico para defender tal ensinamento. 

A verdade é que muitos nas igrejas querem ser mais um Diótrefes. (III Jo 9) Esse tipo de pessoa só quer tomar o lugar de Jesus, na verdade são eles os falsos Cristos, sendo os cabeças de suas próprias igrejas. (Mc 13:22; II Co 11:13) 

 

A bíblia afirma que na verdadeira igreja de Deus, esta função pertênce somente ao Senhor Jesus e a mais ninguém. (Ef 1:22, 23, Cl 1:18, 24)

Muitos até usam erradamente Atos capitulo 15, para defender um sistema de governo centralizado e semi-centralizado.

 

Poratanto cabe aqui uma pergunta: Atos capitulo 15, fala mesmo de uma centralização ou semi-centralização?

 A resposta é NÃO, é só analisarmos o contexto e ver que não contraria o estudo que apresentaremos a seguir. 

O cap. 15 de atos dos apóstolos, fala de divergências doutrinaria entre evangelistas da Judéia, a questão era de ensinamento errado, que alguns estavam passando para pessoas de outras cidades, principalmente aos gentios, e eles precisavam de esclarecimentos, porque com as doutrinas não havia nada de errado, pois, foram estabelecidas por Deus, ensinadas por Jesus, os apostlos e todos os dicípulos; o problema era por parte de alguns de Jerusalém; por isso em uma assembléia na cidade de Jerusalém, os anciãos tomaram conhecimento e foram corrigido, então resolvido as questões decidiram enviar cartas a outras localidades para reparar o erro cometido por membros daquele local. 

 

Naquela reunião de Atos 15, não criaram nem um tipo de ORGANIZAÇÃO para supervisionar igrejas locais.

Infelizmente alguns buscam desesperadamente apoio para alimentar essa idéia em (At 15), para manter um governo centralizado ou parcialmente centralizado, dizem que se não estiver ligado nessa ou naquela organização ou sigla, esta cortado dos planos de salvação. Que absurdo não! O que espera os tais fundadores e seguidores se não se arrependerem é o Juízo final: (Ap 20:11-1) Porque são estes os falsos cristos. (Mt 24:24) Enganadores. (II Tm 3:13) Que acrescentam as escrituras.(Mt 5:19; Ap 22:18, 19)

Porém muito pelo contrario, este texto nos fortalece na fé, por quê? No livro de Atos capitulo quinze mostra perfeitamente que nem um obreiro pode interferir em outras localidades a qual ele não é obreiro.

Este é o estudo que veremos a seguir.

 

A forma de governos que são é destacada no paganismo é:

Episcopal ,Oligárquico e Monárquico = centralizado segundo a enciclopédia Barsa Este é o modelo de Roma, é o chefe supremo que decide por todas as Igrejas, até diz ser o sucessor de Jesus, e muitos ainda seguem estes sistemas hoje. Ambos têm vinculo com Roma e é sinal da besta.

 

Qual é o sistema bíblico de governo? E como funciona?

 É o sistema congregacional = autonomia de governo; foi ensinado por Jesus e praticado por seus discípulos; as igrejas são livres nas questões administrativas e orientação espiritual, com vinculo doutrinário. É assim que viviam as igrejas biblicamente, a autoridade de um pastor, não ultrapassava sua cidade, e não interferiam nos trabalhos uns dos outros. (I Pe 5:1-4; At 14:23; 20:28) Em Antioquia da Síria. (At 13:1) Em Listra, Icônio e Antioquia da Pisídia. (At 14:21-23) A Igreja em Éfeso. (At 20:17) Em Corinto. (I Co 1:1; II Co 1:1) As igrejas na Galácia. (Gl 1:2, 22) A igreja dos tessalonicense. (II Ts 1:1; II Ts 1:1) As igrejas dos Laodicenses. (Cl.4:16) A igreja de Jerusalém. (At 8:1; 11:22; 15:4) As igrejas da Ásia. (I Co 16:19); as igrejas de Macedônia. (II Co 11:9) E as sete igreja da Ásia, que receberam cartas individualmente porque eram igrejas de Deus autônomas, independentes de sede ou organização mundial nacional ou regional; As sete Igrejas estavam na mesma região, e foi uma carta para cada uma delas, tinha cada uma seu dirigente e diferentes problemas. (Ap 1:4, 11; Ler Cap.1, 2,3)

 

Se o sistema fosse centralizado ou houvesse uma organização para supervisionar ou administrar outras localidades, não teria enviado uma carta individual, teria enviado a suposta sede.

Também o Apostolo Paulo que pediu ajuda a outras localidades, se realmente o sistema fosse centralizado e com sede em Jerusalém pediria de lá ou da suposta organização.

Também enviaria obreiros de Jerusalém para as igrejas de outras localidades e não ordenaria que de cidade em cidade estabelecesse Presbítero; mais muito pelo contrario orientou e ordenou que de cidade em cidade estabelecesse presbítero. (At 14:23; Tt. 1:5-7)

 Paulo evidentemente não era conhecido de vista por muitos obreiros; porque eram homens fieis aos ensinamentos recebidos e zelosos da palavra Deus. (Gl 1:18-24)

 

Não existe uma hierarquia no ministério bíblico. Por quê?

Só existe um cabeça que é Jesus.  Hierarquia no ministério não é bíblico, por isso não pode na verdadeira igreja de Deus existir, essa doutrina é pagã. Na verdade é um dogma papal. Por volta do ano 400 d.C, o papa Inocêncio I, que dizendo ser o governante da igreja, exigia que todas as controvérsias fossem levadas a ele! Embora que Tertuliano tinha acusado o bispo Calixto de querer ser o bispo dos bispos! No ano 208 d.C. Começou a Hierarquia ministerial.

 No ministério de Jesus não pode haver maioral. (Mt 20:20-28; Mc 9:33-35; Lc 22:24-27) Jesus é o único cabeça. (Ef 1:22, 23; Cl 1:18, 24) Ele é o que governa todas as igrejas, que continua preservando a fé que uma vez foi entregue aos santos; Ele é também o sumo pastor e sumo sacerdote, o único líder que supervisiona todas as igrejas, por que lhes pertence. (Hb 3:1-6; 6: 6; 20; 8:1,2; I Pe 5;1-4) E passeia por meio delas. (Ap 2:1)

 

É preciso estar afiliado a uma organização mundial nacional ou regional, pagar honorários e se sujeitar as suas decisões Para ser considerada igreja de Deus?

   Não, na nova aliança não encontramos nem uma organização para liderar um grupo de igrejas, este modelo é pagão. Ter que estar afiliado e pagar honorários a uma organização para ser considerada Igreja de Deus não foram ensinado por Jesus e nem por seus apóstolos; Isto é doutrina de Babilônia e não podemos adotar. (Ap 18:2-4) CUIDADO! Os que praticam e pensam de tal forma estão embriagados com vinho da prostituição. (SINAL DA BESTA) Temos que ter a linhagem e preservar a doutrina que recebemos, que está contida nas escrituras, a qual foi ensinada por Jesus. (Mt 28:20; II Tm 3:15, 16) No AT as 12 tribos pagavam dízimos para os levitas que celebravam as solenidades, e os levitas pagavam dizimo dos dízimos ao Sacerdote, (Nm 18:21, 26); hoje não a necessidade pra isso, não estamos mais no sacerdócio Levitico. (Hb 7:11, 12) Estamos em um novo sacerdócio, o de Jesus, e as leis de ordenança foram cravadas na cruz (abolidas). (Ef 2:15, Cl 2:14) Agora é uma nova aliança, não existe mais uma casa do tesouro centralizada. (Jo 4:19-23) As palavras de Jesus a samaritana mostra uma descentralização de tudo, e possui um sentido de alcance mundial, a Igreja deveria começar em Jerusalém e ir até aos confins da terra. (Lc 24:47; At 1:8) Lembrando que no ano 70 Jerusalém foi destruída e todos foram dispersos por quase dois mil anos, os judeus viveram em terras estranhas, e para onde foi a tal central organização geral das igrejas de Deus?

 

A administração da verdadeira Igreja de Deus (a igreja primitiva) quanto as finanças, deve ser totalmente local. (Fp 4:14-19; I Co 11:7-9)

Analise: O profeta Ágabo, profetizou uma grande fome em Jerusalém, e quando aconteceu, foi preciso Paulo fazer uma coleta para santos da Judéia; a pergunta é: Se o sistema fosse centralizado e existisse uma casa do tesouro (organização para governar as igrejas), não haveria necessidade de Paulo fazer apelo a cada igreja, bastava comunicar a central e tudo estaria resolvido. Isto mostra que: As igrejas não contribuíam com outra igreja obrigatoriamente; podemos contribuir para suprir as necessidades de outras localidades, através de ofertas ou coletas voluntárias. (At 11:29, 30; Rm 15:26; I Co 16:1-4)

Paulo escreve aos gálatas; ”Depois, passados três anos, fui a Jerusalém para ver a Pedro, e fiquei com ele quinze dias. E não vi a nenhum outro dos apóstolos, senão a Tiago, irmão do Senhor. Ora, acerca do que vos escrevo, eis que diante de Deus testifico que não minto. Depois fui para as partes da Síria e da Cilícia. E não era conhecido de vista das igrejas da Judéia, que estavam em Cristo; Mas somente tinham ouvido dizer: Aquele que já nos perseguiu anuncia agora a fé que antes destruía. E glorificavam a Deus a respeito de mim”. (Gl 1:18-24)

 

Cadê a central ou os congressos que são praticados nos dias de hoje pelos modernos e falsos obreiros?

Onde está no capitulo 15 de Atos que eles reuniram para formar organizações para administrar outras igrejas de Deus?

Porque foi uma carta para cada anjo das igrejas da Ásia e não para tal central?

Contate-nos para saber mais a respeito do assunto.

 

www.igrejadedeus.org

(¨&7) 4141-1717



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!