Festividades pagã

 

FESTIVIDAS (CULTOS) PAGÃS

A muito tempo o profeta Daniel profetizou sobre a ponta pequena. “E proferirá palavras contra o Altíssimo, e destruirá os santos do Altíssimo, e cuidará em mudar os tempos e a lei; e eles serão entregues na sua mão, por um tempo, e tempos, e a metade de um tempo. (Dn 7:25) E são muitas igrejas hoje que trazem os sinais da igreja católica, muitos sem perceber embebedados com vinho de babilônia praticam rituais e celebram a outros deuses cultos que para O Eterno Deus é uma a abominação.

1- O que é a grande Babilônia?

 Biblicamente significa um poder religioso. (Ap 17:5) Que está nas mãos da igreja católica e as prostituições (meretrizes) significa todas suas filhas igrejas que saíram de dentro da igreja católica trazendo consigo seus dogmas

2- As festas pagãs instituída e introduzida pela grande Babilônia, como é vista por Deus?

 Um grande pecado, o 1º e 2º dos 10 mandamentos de Deus, não permite ter outros deuses e prestar cultos a eles. (Ex 20:2-6) Foram pagãos e apostatas que introduziram, e que a grande babilônia deu de beber a todas as nações. (I Tm 4:1-5; II Pe 2:1-3; Ap 14:4)

3- Quais são os dias considerados pagãos?

a) Domingo: Instituído em 7 março de 321 pelo imperador pagão Constantino; foi promulgada a lei: “devem os magistrados e as pessoas residentes nas cidades repousar,e todas as oficinas ser fechadas no venerável dia do sol” (history of the church - vol.3 pag. 380). Esse dia foi escolhido por eles para venerar o deus sol tamuz. Na enciclopédia Britânica - 11º edição sobre o domingo diz: “o mais antigo reconhecimento do domingo como uma obrigação legal é uma constituição de Constantino, de 321 AD decretando que todas as cortes de justiças habitantes de cidades repousassem no dia do sol (venerábilis die solis...”) Sendo que o dia determinado por Deus relatado nas Escrituras para o nosso descanso, é o Sábado, 4º mandamento dos dez e foi estabeleceu desde o principio. (Gn 2:1-13; Ex 20:8-11, Is 58:13,14; Ez 20:12,20; Lc 23:56; Hb 4:1-11) Mudaram em seus catecismo, mas na Bíblia continua conforme Deus determinou.

b) Natal: os pagãos comemoram 25 de Dezembro. O mundo todo comemoram como sendo o nascimento de Jesus, porque a muito tempo foi também instituído pela igreja católica no ano 525 Pelo papa João I. E na verdade essa data festejava o dia do nascimento do deus sol, mitra, baal, tamuz. (Ez 8:13-16) E nós podemos provar a luz das Escrituras que Jesus o filho do Eterno nasceu em outubro. 7º mês do calendário Bíblico Etanin. Conheça o estudo do nascimento de Jesus.

c) ano novo: O Ano-Novo é um evento que acontece no fim de um ano e o começo do próximo.

 Todas as culturas que têm calendários anuais celebram esse ato pagão. A celebração do evento é também chamada réveillon, termo oriundo do verbo réveiller, que em francês significa "despertar".

 A comemoração ocidental tem origem num decreto do governador romano Júlio César, que fixou o 1° de janeiro como o dia do Ano-Novo em 46 a.C. Os romanos dedicavam esse dia a Jano, o deus dos portões. O mês de Janeiro, deriva do nome de Jano, que tinha duas faces uma voltada para frente e a outra para trás, representando os términos e os começos, o passado e o futuro. Ao ver deles era o responsável por abrir as portas para o ano que se iniciava, e toda porta se volta para dois lados diferentes. Hoje ainda os que festejam esta data, presta reverência ao deus Jano o deus de duas faces. Pela palavra de Deus vemos que o 1º dia do ano começa em 1º de Nisã ou Abibe calendário hebraico, corresponde aos meses do calendário romano março ou abril. (Ex 12:1-11)

d) Páscoa “Pessach” = passagem: Instituída por Deus, que marcava a libertação e saída do povo de Israel da terra do Egito. Comemorava-se no dia 14 Nisã do 1º mês do calendário Bíblico, e era somente para os Israelitas. Nesse dia era sacrificado um cordeiro assado e pães azimos, e ervas amargosas. (Ex 12:1-6,37-51; Lv 23:4-8) Veio JESUS, o cordeiro de Deus que tiraria o pecado do mundo, foi sacrificado no dia da páscoa 14 Nisã, com morte no madeiro. (Jo 9:17,19, 25) Morreu por todos nós, sendo o ultimo cordeiro pascoal. (Jo 1:29; I Co 5:7) Assim a páscoa foi abolida, e instituiu a santa ceia. (Mt 26:26-30; Lc 22:14-20; I Co 11:23-33) Os pagãos modificaram tornando se uma festa idolatra, comemorada no 1º domingo depois da lua cheia, e foi definida como uma festa móvel em 325 no concilio de Nicéia, porque baseia-se na lua cheia que é variável entre 21 Março a 22 Abril, celebram com ovos de coelhos que são símbolo dos greco-romano e chocolates. Dizem estar comemorando a ressurreição de Cristo; mais um erro, sendo que ele morreu no dia da páscoa 14 de Nisã, ficando três dias e três noites no seio da terra. (Mt 12:40) Então é pura idolatria e comércio. Quem participa ou comemora segue as ordens católica.

e) Festas Juninas: Festa pagã, dizem ser dedicada a João Batista, até criaram um dia para comemorar são João, 24 de Junho. Na verdade, já existia festa semelhante com fogueiras e foi adaptada pela igreja romana que comemoram com: Fogueiras mais rojões, pipocas, quentão, danças e etc... Isso é pura idolatria.

f) Finados: Comera-se dia 2 de novembro, dia dos mortos. De origem Francesa. É divulgado pela igreja católica desde 1408. Passou a ser feriado nacional. Isso não é agradável aos olhos de Deus. (Nm 25:2-5; Sl 106:28)

 Não há necessidade de visitar túmulos, muito menos acender velas aos mortos, pois morrendo o homem cessa todos os seus pensamentos o homem perecem todos os seus pensamentos e fica no pó da terra aguardando a ressurreição.(Sl 6:5; 104:29; 146:4; 115:17; Ec 9:5,10; Jo 11:11-14; At 3:36; I Co 15:18; I Ts 4:13,14)

4- É pecado participarmos das festa de dias pagãs e oferecida a outros deuses (ídolos)?

 Sim, participar de festas que eles entende ser espiritual como: cultos de pregações, louvores, casamentos religiosos etc... São oferecida a outros deuses e não ao nosso, então é pura idolatria. (Ex 20:4-6; Mt 6:4; At 15:19)

“Mas que digo? Que o ídolo é alguma coisa? Ou que o sacrificado ao ídolo é alguma coisa?  Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios. Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios; não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demônios”. (I Co 10:20,21) “E ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas”. (Ap 18:4)

"Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira." (Ap  22:15)

“Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da prostituição, das quais coisas bem fazeis se vos guardardes. Bem vos vá”. (At 15:29)


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!